25/01/2009

O adjetivo

Juliano Flávio

O adjetivo serve para significar coisas
Forma de tornar um substantivo só seu
Dizer um adjetivo é escolher um sentido dentre vários

É escolher um filho dentre a prole
O gosto é distinto em várias bocas famintas

Ditar um adjetivo é batizar um ateu
É rejeitar outras crenças

O adjetivo não deve ser dito!

Cada qual que adjetive em seus pensamentos
E não me impeçam de adjetivar durante minhas angústias

Morte aos adjetivos!

5 comentários:

Fabi disse...

Ju voltou com tudo a poesia!
muito legal!

Juliano Flávio disse...

Valeu Fabiana... estou ainda em processo de briga com as palavras

Anônimo disse...

"E não me impeçam de adjetivar durante minhas angústias

Morte aos adjetivos!"

Essas duas frases formam uma contradição, não?

Juliano Flávio disse...

Não necessariamente há uma sutileza do adjetivo explícito e aquele particular, íntimo.

suelem disse...

hmmm achei meio sem sentido...não gostei não, vc tem poesias melhores.
já colocou a "A arapuca", q vc leu no encontro? essa sim ficou muito boa.
beijão querido!!
p.s: to com saudade de tu porra! aparece aqui na nossa arapuca pra um dedinho de prosa. bora no teatro esse fds?