05/12/2007

descontextualizados

ah! se a gente se encontrasse
fora das circunstâncias...
e a atmosfera inteira fosse inerte.
menos nossas línguas, duas crianças...
salvo nossas pernas, puro flerte...

ah! se a gente se encontrasse
fora das circunstâncias...
sem pretexto ou contexto,
sem medo, dogma, endereço.
sem roupa nem nada.

eu saberia do teu princípio.
e te continuaria.
até o fim.

fernanda barreto

4 comentários:

Bob disse...

Esse foi lido num dos encontros. Já nasceu clássico. É o tipo de fantasia descontextual que cada ser humano na terra tem...

Pequena disse...

Amei esse poema desde que escutei no primeiro encontro que fui... Muito bom!

Fabi disse...

"eu saberia do teu princípio.
e te continuaria.
até o fim."
Essa frase sozinha, sem mais nada, já é incrivel.
Nanda, sou sua fã.

mateus trabelo disse...

QUE REGAÇO!