16/02/2008

O Grito

Oi, moçada! Tô conseguindo postar!
Abraços!
---------
O Grito

A cárie do berço
à margem do anzol
Lábio preso sem palavras
Assim nasce o grito.

Adeilton Lima

4 comentários:

Fabi disse...

Que bom vc postando!!
Adoro as tuas poesias!!

Ciro disse...

Muito intrigante! Gostei. Poemas têm que ter algo de enigma...

Bic disse...

DECIFRÁVEL?

Teatro em transe disse...

Claro!
Beijão a todos! Grato pelos comentários! Vamo que vamo!