12/02/2008

ARVORE


ARVORE

ARVORAREI AO VENTO
POR ENTRE AS FLORES
DAS PONTINHAS DAS ÁRVORES

CHEIRO BOM!

O BICHO
LIMPA O BOGODINHO
NOS GALHOS GROSSOS DELA!
AI ÁRVORE
ABRAÇO NA VISTA DO VENTO
QUE SÓ VENDO!
BIC

3 comentários:

Vitor disse...

"arvorarei ao vento"
muito lindo, me fez pensar e sentir fluidez, caminho (ambiental), respeitar o espontâneo... solto, livre, como a natureza deve ser messs... adorei!
besos!
Vitor

mateus trabelo disse...

Bic,
que coisa boa poder ler poemas seus aqui!
poemas em que a natureza é sincera e profundamente percebida!
obrigadão

Rosita Carmello disse...

Bom saber que tem crianças no grupo também! Além de vc há mais? Minha filha tem 4 anos, deve ser da sua idade, mas é tímida demais para postar. Bom exemplo!