03/05/2010

Sarau Poético no Balaio Café

5 comentários:

Anônimo disse...

será q o mezzo centenário de nossa esplanada estará presente no Sarau com versos líricos ou de maldizer ?

Isabela Fourier disse...

Olá gente, tudo bom?
É a primeira vez que entro nesse blog e amei os poemas!
Só não entendi qual o nexo do grupo.
Alguém poderia me explicar?

Léo Tavares disse...

o nexo, eu penso, sendo algo que interliga e torna coerente o grupal, é essa necessidade de expressão através de uma veia poética, mas não de forma organizada e dependente do significado formal da palavra "nexo". creio que de uma forma livre e fluente, o que coloca a nossa produção muitas vezes em embate de idéias, temas e estilos, o que seja, mas sempre mantendo um fio de conexão, esse da expressão em forma de poesia, que é o que para nós, membros do grupo, nos coloca como seres iguais, ainda que com suas individualidades preservadas.
acredito que esse "nexo" nos une de forma meio caótica mesmo, mais ou menos uma orgia de coisas não-físicas. o nexo grupal é o irmão espiritual do sexo grupal.
viajei?
:-P

Léo Tavares disse...

gozemos.

fernanda barreto disse...

vamos amar!